Menu fechado

A Associação

Sozinhos não somos nada, juntos mudamos o mundo.

Missão

É transformar vidas através da solidariedade que nada mais é amor em forma de ação​.

Visão

Ajudar crianças, jovens e idosos a reescrever uma nova história no futuro bem próximo

Valores

Solidariedade, amor, fé, independente de classe social, sexo, raça, cor ou religião

HISTÓRIA

IDEALIZADORA E FUNDADORA DA ENTIDADE : Maria do Carmo Sá vulgo( Mary)
FORMAÇÃO: MAGISTERIO NA AREA DE Estética e Beleza
Líder Comunitária.
Mãe de duas filhas e avó de uma neta. Onde existir amor existem a presença de Deus. Amor é Luz e Vida. Todos nós somos um com o Criador Universal. O Mar não toma a própria água e as flores não exalam o perfume pra si.Podemos imitar a natureza sendo solidário fazendo o bem sempre para os outros. e tudo retornara para nós mesmos.

Foi pensando sempre assim que Mary deu inicio seu trabalho para jovens e adultos de baixa renda. A demanda crescia a cada ano que passava e ela percebeu que poderia fazer muito mais, porém sozinha seria impossível.

Não pudendos mais manter sozinha os cursos gratuitos surgiu à ideia de criar uma entidade para pleitear junto ao poder publico melhorias para o bairro e organizar mais as atividades e sendo beneficiar um numero maior de pessoas entre crianças jovens adolescentes idosos. Visto que dona Mary é moradora no bairro do Grajaú a 44 anos e conhece todos os problemas que aflige esta comunidade com 444.593 habitante segundo o Censo 2010, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 

Pensando em fazer algo multiplicador para sua comunidade covidou alguns amigos com o mesmo objetivo e deu início a criação da entidade ABCASP – Associação Beneficente de Capacitação Solidaria Pamu, para dar continuidade ao trabalho que há 26 anos desenvolvia com os jovens esta é foi a origem do projeto pamu: projeto ajuda mais um.

Cabe aqui lembrar que o presente projeto teve inicio em (mil nove cento noventa e dois) 1992, quando Maria do Carmo, fundou a escola de cabeleireiro e similares Mecchas. ela reservou dois dias da semana para ministrar cursos gratuitos para pessoas da região beneficiarias de programas sociais em 26 anos foram formado mil e cem (1.100) alunos em cursos gratuito na área da beleza segundo ela, a maior gratificação e saber que mudou vida das pessoas ela faz questão de acompanhar a trajetória desses beneficiários com a certeza que seu trabalho contribuiu para reescrever história de superação.

Deixar a minha marca presente na historia de alguém sempre será a minha maior realização!

                                                                         Maria do Carmo Sá

O PROJETO

Este projeto tem como objetivo oferecer um espaço de convívio e interação com infraestrutura para capacitação profissional na área de Estética e Beleza. 

Inserir no mercado de trabalho pessoas em situação de vulnerabilidade social, com ênfase em jovens acima dos dezesseis anos. Homens e mulheres beneficiários de programas sociais, buscando capacitar não apenas nos conhecimentos e habilidades e técnicas. Mas também para o desenvolvimento de atitudes, comportamentos e para o empreendedorismo

O projeto visa ainda à inserção dos participantes no mercado de trabalho por meio da intermediação junto às empresas da região ou através da incubação de novos empreendimentos econômicos.

QUEM SOMOS

A ABCASP é uma entidade sem fins lucrativos, representada por um grupo de pessoas felizes por sermos solidários e nosso lema é; Solidariedade e Amor em Forma de Ação. Acreditamos que todos podem dor um pouco do que tem para beneficiar quem tem menos que nós. Demoramos muito para descobrir que só podemos ser felizes quando desejamos e agimos para o bem comum.

Todos nós temos algo de bom para doar, e caso ache que não pode doar nada ao seu próximo, doe sorrisos. Quem receber, verá a expressão de Deus em seu rosto.

BIOGRAFIA

Maria do Carmo Sá

No ano de 1975 (mil nove cento e setenta e cinco), fugindo da zona de pobreza com apenas 18 anos de idade e alfabetizada até a terceira Série do Ensino Fundamental. Saiu do interior do estado de Minas Gerais, para morar em São Paulo, seu único documento era a Certidão de Nascimento. Foi morar na periferia Jardim São Luiz/Santo Amaro SP. 

Foi acolhida por um projeto social que ministrava cursos de Capacitação Profissional na área da beleza, porém ela não tinha documentos para se escrever no curso, os executores do projeto o encaminharam para fazer aquisição de seus documentos; RG, CPF, Carteira de trabalho. E logo após ingressou-se no curso e começou receber as primeiras orientações para o desenvolvimento da Profissão.

Com incentivo dos mesmos voltou a estudar, com muito sacrifício conciliava o curso técnico com o ensino fundamental, um ano depois de concluir o curso de beleza foi encaminhada para trabalhar em um salão. Com uma parte que ganhava, gastava com despesas pessoais, o restante investia na qualificação profissional especializando-se em sua área tendo concluído o primeiro e o segundo Grau do Ensino Médio. Seu sonho agora era aquisição do seu próprio salão de beleza.

Depois dessa meta alcançada, após oito anos de exercício da profissão, ingressou-se no Curso de Tecnologia Capilar (Magistério). Para formação de profissionais na área da beleza, vinte seis anos de exercícios formou muitos profissionais que hoje também estão trabalhando em seu próprio salão ou empregados. Além de outros trabalhos desenvolvidos para beneficiar sua classe.
No ano de 1987 morou em Governador Valadares e fundou a (ACGV- Associação dos Cabeleireiros de Governador Valadares Estado de Minas Gerais). 1992 retornou para São Paulo, região da Capela do Socorro fundou Escola de Cabeleireiros Mecchas, mesmo sendo escola de pequeno porte sempre desenvolveu trabalho social oferecendo cursos gratuitos para famílias de baixa renda.

Com o Passar dos anos a demanda aumentava, até o momento em que não foi possível manter o custos com seus próprios recursos com aumento do desemprego na região, viu que seria necessário fazer algo mais para poder continuar atender a todos que procuram.

Com as duas filhas, Mônica e Márcia que também são profissionais na área de estética e beleza. Convidaram outros profissionais com os mesmo objetivos, em 24 de janeiro 2010 fundou A Associação Beneficente de Capacitação Solidária PAMU.

Para poder pleitear junto ao poder público e privado a solução das necessidades dos bairros e para dar continuidade ao trabalho que tem beneficiados jovens adultos de baixa renda. Sem esquecer sua origem, continua seu trabalho, com a certeza que, os Projetos Sociais contribui muito, transformando vidas e escrevendo historias.

Podem achar que sou muito sonhadora, mas sigo em frente com as minhas convicções. Sonhando sim, mas acima de tudo conquistando e realizando meus sonhos dia após dia. Incentivando vidas a um futuro melhor e isso me faz acreditar que quando sonhamos, podemos realizar!

Faz o bem quem ajuda a cultivar os sonhos de alguém